quarta-feira, 23 de setembro de 2015

5 coisas que você precisa saber para entender a EFMB tour do Nightwish

Fala guerreiros e guerreiras!!!! Boa quarta feira!

Bom, o assunto de hoje eu estou guardando já faz algumas semanas, esperando que esta semana chegasse para poder desenvolver o tópico; NIGHTWISH!


Como já mencionei antes eu ganhei da Athene no meu aniversário o ingresso para o show deles da terça feira que vem, dia 29 de setembro, data da qual com certeza me lembrarei! <3
Se hoje já estou contando os minutos para assistir o mini show deles no Rock in Rio (porque parece que vai ser menor do que o oficial da turnê) na TV, imagina como estou com relação ao show ao vivo da semana que vem!!! Nunca uma data demorou taaaanto para chegar! T____T


Um pincelada rápida sobre meu relacionamento com Nightwish antes de ir propriamente por post:
Esta será a primeira vez que verei eles ao vivo! AHHHHHHH!!!! (gritos de tiete). Da vez passada eu perdi a data e não consegui ir, além de estar meio quebrado de money, o que também não ajudou :P Mas li todos os reviews e fiquei morreeeeeeendo de vontade de ter ido vê-los.


Para os que não sabem eu não sigo o NW desde seu inicio, e não amo a Tarja (me julguem) hehehe... Nada em contra de quem gosta dela, até porque tenho bons amigos que a amam, mas apesar de eu acha-la linda, e a Athene gostar dela, o seu estilo vocal, pra mim, não é nem um pouco atrativo,  lírico demais. Não é minha praia. A Tarja tem esse lado lírico nela muito forte, o que acaba me afastando um pouco do seu som.

Na época em que passavam Nemo (o clipe) na TV eu era da turma do Evanescence! Hehehe... A Amy tem um vocal beeeem mais próximo do que curto. 
Logo depois venho a era Anette (da qual não sou nem um pouco fã (me julguem de novo) Porééééém.... Dark Passion Play prendeu minha atenção, e os vocais poderosos do Marco (que eu já curtia no projeto paralelo de Northern Kings) e as letras geniais do Tuomas me conquistaram. Nesse meio tempo eu já era louco por After Forever, banda dessa época da Floor (que eu já adorava), e já era amigo do guitarrista da banda, o Bas (grande maluco! Saudades daquela figura...)



Logo após venho Imaginaerum e aí sim, eu fiquei totalmente 'In Love'pelo álbum e relevei a Anette, que cantava bem e tal mas era meio bleh!... As letras são simplesmente sublimes...e quando fiquei sabendo tempo depois que a Floor entraria no Nightwish como nova vocal, aí meu coraçãozinho metaleiro não aguentou e eu quase tive um troço... *0*
O show deles do Wacken, aquele do Showtime, Storytime... Pelos deuses!!! O que falar? Amo aquela bagaça!!!!
De lá pra cá foi NW tocando a todo tempo, a toda hora, em toda situação... E o nascimento de Endless Forms Most Beautiful (novo álbum) que se tornou um dos meus álbuns favoritos de todos os tempos, dentre todas as bandas que curto. De longe são uma das melhores letras, estilos, sons... Tudo nele é bom! :D



Maaas, como eu falei, esta postagem não é sobre minha história em relação a banda ou sobre quem eles são, eu queria fazer uma postagem diferente, algo que você não encontrasse em qualquer outro blog ou googleando por aí, quero escrever algo que você só venha a ler aqui, e se você encontrar em algum outro lugar, pelo menos que aqui possa ler tudo escrito no meu jeito. ;)
Pensei durante semanas e até conversei com amigos fãs (oi Tato) sobre o que escrever e acabei chegando num resultado final; listar 5 tópicos para quem for assistir o show que é bom saber para entender o que se irá ver! Mas isso tem um nome muito longo!! Vamos então resumir esta postagem como:

****5 COISAS QUE VOCÊ PRECISA SABER PARA ENTENDER A EFMB TOUR****



  1. Primeiramente Endless Forms Most Beautiful Tour (abreviada carinhosamente a EFMB Tour) é a nova turnê mundial da banda inspirada no seu oitavo álbum de estúdio, que leva o mesmo nome. Segunda a ter Floor Jansen ( <3 ) nos vocais ( desde 2013 )
  2. Endless Forms Most Beautiful  é o novo álbum, lançado em março deste ano. No meu ponto de vista é um dos melhores se tratando de letras! Tio Tuomas (Holopainen) desta vez se puxou!!! Ele trata principalmente sobre Universo, ciência, sobre razão... Diferente do seu anterior (Imaginaerum) que era todo ele baseado em Imaginação e fantasia. Este álbum é um álbum... acho que a melhor definição é “científico”. Ele foca muito em evolução e teorias relativas, com fortes ligações com Charles Darwin e Richard Dawkins que até participou do álbum gravando na sua própria voz passagens de alguns dos seus livros. (Sugiro dar uma googleada se não sabem que estes homens foram e são J) Aliás, falando no Dawkins, o Tuomas levou muito em consideração este cara, tanto que “Endless Forms Most Beautiful” teve inspiração DIRETA em  The Ancestor's Tale, livro dele, e “The Greatest Show on Earth” ( Suspiros infinitos ao falar desta música) inspirada no livro  O Maior Espetáculo da Terra - As Evidências da Evolução, também dele. Porém, nem todas as músicas tem a ver com o Dawkins (até porque seria demais, né?) Na verdade, existem outras que bebem de outras fontes, e como estou falando em livros, falo também em “Edema Ruh” que está inspirada (segundo o Tuomas) em um dos seus livros favoritos, O nome do vento que é literatura fantástica. Porém, nesta música a letra explora um traço do ser humano então encaixa no assunto. Resumindo, Endless Forms Most Beautiful é um álbum que ao meu ver perfeitamente poderia ser enviado para o espaço, para civilizações alienígenas conhecerem através de um disco o que é a Terra e os seres que a habitam.. Plantas, animais, nós... Que não deixamos de ser a animais também, só um pouco mais evoluídos. (Mas há quem discorde... hehehe)
  3. Esta turnê é a primeira a ter músicas originalmente cantadas por Floor e a segunda a trazer minha querida “chaozinha” para nosso país. Além disso traz também a confirmação de Troy como sexto membro oficial da banda, e a substituição de Jukka por Kai Hahto na bateria, por causa de problemas de saúde com o Jukka. Isto tanto na turnê quanto no álbum, ok?
  4. As musicas vs. o vocal controlado da Floor (assunto polêmico): Na real, acho que nem deveria... Eu gosto da Jansen desde a época de After Forever (Saudades de Energize Me) e conheço o poder vocal dela dessa banda, além dos guturais que consegue alcançar em Revamp (sua banda paralela) e sem ir mais longe, quem assistiu o Showtime, Storytime sabe que a Floor tem um alcance vocal ENORME! Além de conseguir transitar por todos os estágios, desde os líricos até os guturais, todos presentes nesse antigo show. Este ano, depois que o álbum foi lançado muito se falou de como a Floor não usava nenhum desses recursos e quando a turnê começou nos states foi uma enxurrada de fanboys/tietes falando horroooooores dela e de como ela estava cantando mal e sendo comportada e blá, blá, blá... (Porque todo mundo sabe o quanto os fãs de Nightwish discutem entre eles a favor de algumas das vocalistas descendo pau na cabeça das vocalistas que sobrarem  ¬¬’... U.U’    E isso é verdade, mesmo que doa a quem ler!!! Porém há os que como eu, se mantem fora do tumulto e só curtem a banda e guardam o que pensam para si próprios  no lugar de sair chutando cabeças... anyway!..) Nosso estimado Tuomas Holopainen, também conhecido como, "Aquele que manda na coisa toda" XD, falou em entrevistas que os líricos da Floor não combinavam com as faixas do álbum, assim como os guturais, e que a pegada deste ano é mais relax  (Tão relax que mandou o fodapacaraleo-viking-mothafucka Marco Hietala ficar quietinho quase sem se ouvir no canto dele... Poh Tuomas!! O lance da Floor até vai, mas o Marco podia cantar mais um pouquinho!! Just my opinion ;)) e fazendo ela transitar da serenidade a agressividade dependendo da faixa, mas tudo muito comportado.
  5. A setlist da turnê varia pouco desde o inicio da mesma, mudando uma que outra música porém a base é quase sempre a mesma. Traz realmente grande parte do novo álbum e junta algumas músicas antigas que complementam em suas letras essa “visão de beleza da vida, da terra, da ciência e do universo” que a banda quer transmitir desta vez para quem os assiste. E tem até música das antigas mesmo!!! Como Stargazers (que eu espero eles toquem aqui) dentre outras.

E essas são as cinco coisas que julguei necessárias você conhecer caso vá assistir o show deles em algumas das cidades brasileiras escolhidas, e caso contrário, lembre-se que pode conferir o show deles através do Multishow esta sexta feira 25 direto do Rock In Rio! Bela oportunidade imperdível! ;)


Lembrando que o Nightwish toca em 5 cidades brasileiras nesta turnê:

Fortaleza: 23/09 (HOJE!!!)
Rock in Rio: 25/09
São Paulo: 26/09
Curitiba: 27/09
Porto Alegre: 29/09 (*chorando*) hehehehe



Para saber mais da banda e da turnê acesse o site oficial deles aqui
Ou siga a page da Comunidade Branca - Nightwish no facebook aqui (Recomendo a page ;))


Bom, espero tenham gostado do post e não tenha sido chato pra ninguém! Tentei com minhas palavras falar um pouco desta banda que tanto gosto e fazer um post à altura deles.

Nos falamos semana que vem! Conto pra vocês do show no próximo post! 

Abraço viking para todos meus caríssimos!








0 Comments:

Postar um comentário

Seja gentil!
Nada de ódio!!
Faça amor não faça a barba!!