quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Conheça The Wicked+The Divine; best quadrinho do ano EEEEEEEEEEVER!!!!


Fala guerreiros e guerreiras!!!

Hoje o post é literário, é nerd, é musical, é mitológico, É PHODA BAGARAAAAAI!!!!



Eu estou muito empolgado e nas últimas 24 horas resolvi que ia falar disto SIM ou SIM!
Ontem, em meio a uma pesquisa durante meu horário de almoço acabei descobrindo por acaso uma HQ/ Quadrinhos que eu não conhecia até então, nem mesmo de ouvir menção de alguém, se bem que faz tempo que estou meio paradão nesse quesito quadrinhos, nada até o momento tinha realmente prendido minha atenção total... Até o momento!

A última HQ que li foi das novas histórias da Lady Thor da tiragem nova da Marvel Comics, mas como ando meio revoltado num geral com a Marvel e a DC, principalmente a DC, decidi parar de ler as histórias deles, e me dedicar a reler os bons arcos antigos, onde as personagens eram o que eram, sem reboots, sem bagunça, sem risque rabisque... Em fim, deu pra entender, né?
A Thor foi a única que me chamou a atenção pela sua arte e a história acabou sendo boa, e como o Thor já foi de tudo (até sapo) este novo arco está sendo muito bom e não me desagradou a mudança.  De resto, passo!

Agora, no caso de hoje, deste descobrimento de ontem, a coisa tá cantando diferente, por váááários motivos;



Primeiro: A arte das capas foi o que me chamou a atenção de cara, e foi depois de ter visto as capas que eu li a resenha e daí parti para os PDFs e disso pra loucura! Portanto, a arte desta nova HQ descoberta tá fodástica!
Segundo: Não é nem da Marvel, nem da Dc, é da Image Comics! Ponto a favor! Editoras pequenas, grandes histórias. Saudades da Vertigo (versão independente).
Terceiro: A estória! Pelos deuses! QUE ROTEIRO!!! (E falo isto literalmente, até na expressão)
E antes que me joguem uma pedra pela enrolação, tô falando de “The Wicked + The Divine” (Também conhecido pelas “internetelands” como WicDiv) de Kieron Gillen e Jamie McKelvie.

Estas duas figuras vem se tornando bem conhecidas no meio dos quadrinhos nos últimos tempos. Ambos são criadores de “Phonogram” (que já me falaram que é muito bom e ainda não consegui ler) e participantes do segundo volume de “Jovens Vingadores” e além disto ganhadores do prêmio de melhor quadrinho no British Comics Awards por esta belezura em forma de HQ, chamada WicDiv!
The Wicked + The Divine ( traduzido seria "O Maligno + O Divino" ) trata, de maneira sublime, sobre deuses, sobre o mundo atual, sobre musica, sobre a vida!  
- Nossa, barbudo! Tão assim mesmo!?-
- Sim cara, assim mesmo!-

Luci e Laura
Eu tô ainda nos primeiros números e encontrei até o momento 13 edições, mas já deu pra entender grande parte da coisa e vou tentar explicar tudo nas minhas palavras, porquê para resenha bonitinha basta googlear que tem um monte de blog falando disto de uma maneira mais técnica, e aqui é o reino da unicórnio e do barba e eu falo assim mesmo! XD



Tudo começa com um grupo de pessoas reunidos, lá em mil e novencentos-e-guaraná com rolha e uma senhora de idade falando com eles... Logo de cara já teve algo que chamou minha atenção, tinha dois orientais sentados na mesa e uma deles chamou o outro de Susanoo.
- PARA TUDO! Tem deus japonês na parada! Eu sei a história do Susanoo , deus xintoísta do mar e das tempestades, irmão da Amaterasu, deusa do Sol. Eu pesquisei sobre eles quando estava fazendo uma estória para um livro (que acabou engavetado) onde eu usava deuses também, e Amaterasu foi a deusa que eu indiquei para Athene ser na primeira festa mitológica (festa a fantasia) em 2012, enquanto eu escolhi o Thor (que obvio!)




Deu pra ficar claro porque eu já fiquei louco na primeira página da HQ, né?

Continuando. A estória contínua nos tempos atuais, em Londres. 1-2-3-4! E aparece a Laura, nossa personagem principal, humana, fangirl, obcecada pelos deuses celebrities desse mundo atual que WicDiv apresenta.
De cara eu tenho quase certeza que algo vai acontecer e que a Laura não é tão ordinária assim, mas por enquanto, nessa altura da história, ainda é. Humana e comum.
Laura aparece indo no show da deusa Amaterasu, uma deusa do sol maquiadíssima no maior estilo RuPaul Drag Race, ruiva de cabelos longos e cacheados (que nem a Athene na época que fez desta deusa! *0*) Só que em WicDiv a Amaterasu parece MUITO com Florence and the Machine! Ah! Porque esse é outro detalhe GENIAL, sacada de mestre eu diria, os deuses pop desta HQ lembram alguma celebridade conhecida! Não é demais?



Aqui, os deuses são apresentados como cantores do mundo pop (tem até alguns que pairam mais para outros estilos, mas vamos generalizar como pop por enquanto), eles atraem multidões de fãs e passam seu recado/ crença/ palavra/ mensagem/ whatever  através de shows, em mega espetáculos.
Voltando ao show de Amaterasu and the machines, Laura conhece por acaso Lucifer! Yeah baby, Lucifer! Mas nada de diabo, de roupas demoníacas, ou espalhafatosas, Aqui o Lucifer é A Lucífer, vestida no maior estilo filme Constantine do Keanu Reeves, de terno branco e descalça, com ar andrógino lembrando muito uma mistura de David Bowie e Madonna! Imaginou!? Só que aqui nossa Lucifer (ou Luci para os íntimos) é bem locona de pedra, toda rebel way of life.
Luci mostra para Laura o “backstage” desse glorioso mundo do Panteão (como é chamado o grupo de deuses reencarnados) que não é tão glorioso assim.



Um detalhe bem importante que não falei até agora é que a coisa com os deuses funciona da seguinte maneira:
A cada noventa anos, doze deuses reencarnam como jovens. Eles vão ser amados, e odiados. Em dois anos, eles morrem! Durante essa vida “de borboleta”, os deuses desenvolvem muito poder, habilidades, carisma e muita manha como resultado de um mundo que adora eles. O que dá a entender nos primeiros números é que cada um se esforça para ser lembrado e deixar “sua legado” para a história, para assim poderem voltar numa próxima reencarnação, porque ao que parece quem escolhe quem vai e quem fica a cada 90 anos faz isso beeem aleatoriamente, e daí dentre tanto deus de tanta mitologia, as chances de volta ficam pequenas, ou melhor, distantes.  Nas antigas reencarnações já vieram como músicos, poetas, artistas, mas desta vez o grupo é totalmente ícones do pop.

Detalhes que não posso esquecer...

: COMO NÃO FALAR DOS MEUS DEUSES NÓRDICOS!? Porque eu já estava passando as folhas e maldizendo... –Tem que ter nem que seja um nórdico, tem que ter! Será que é o Thor? Loki? Ou ainda Frey ou Freyja?... Melhor! MUITO MELHOR! Odin em pessoa!!! \o/
Ele aparece apresentado como Wotan (outro dos nomes de Odin) e imagina minha cara, e meu cérebro (porque no momento em que vi ele deu tela azul no meu software e travou!) quando eu vejo que o visual escolhido para representar “O” deus nórdico foi... Daft Punk! Sim! Odin/ Wotan não mostra em momento algum seu rosto, tudo é coberto por um capacete hightech e muitas luzes na sua vestimenta e na das suas valquírias! Aliás, o Valhalla todo (porque o palácio de Odin que é a sede do Panteão) parece saído do filme Tron: O legado

Valhalla
Gurizada, é MUCHO LOKO! Creeeeeeizzzeeeee Papitooo! \m/ And, the best part of all é que Odin recruta suas valquírias nos tempos atuais e todas, TODAS, são asiáticas! XD Porque o pai de todos prefere umas asiáticas... Eu te entendo Odin! Eu também preferi! XD
Buuut por causa disso ele é bem mal visto entre as personagens, principalmente a Luci que esculacha ele geraaaal! 





Tipo, feministas gonna hate! #Fato

: A Sekhmet é demais! Ri muitoooo! Sekhmet é a deusa da vingança e das doenças para os egípcios antigos. E é relacionada aos felinos (tanto que tem cabeça de leão) (Mas não confunda com a Bastet) Embora na HQ pareça mais a Bastet mesmo! Pois nossa Sekhmet tem cara de Rihanna e é descrita por Luci como uma gata em cio ALL THE TIME! Ela é tipo o tio Serguei sabe? pega geraaaaal! Pega homem, mulher, árvores... O que vier! XD



: Deuses estalam dedos e tudo acontece e muita, MUITA cabeça explode!




: Os deuses do Panteão são:
Amaterasu (Deusa xintoísta do sol); Lucifer (Obvio, né?); Baal (principal deus dos fenícios) que é cara e fusa do Kanye West, metido a encrenqueiro do mesmo jeito; Baphomet ( sabe aquele que os satanistas curtem, cabeça de bode? Ele mesmo) e é bem parecido com o cantor do Artic Monkeys; Inanna (deusa suméria do amor e fertilidade) que aqui é um deus e adivinha? É beeeem parecido com Prince, tudo nela/e é roxo! Hahaha!; Minerva (contrapartida romana de Athena, deusa da guerra e a justiça dos gregos) e aqui a mais jovem do panteão (12 anos); Morrigan (A PHODONA!) (Da mitologia celta/ irlandesa, associada com a vingança, a guerra e a morte no campo de batalha) Ela tem 3 versões e parece ser a temida do panteão; Sakhmet, que como disse é a Rihanna versão deusa egípcia da vingança, e com fogo interno; Odin/ Wotan (Deus nórdico pai de todos, associado com a sabedoria, a guerra,  a morte, magia, poesia, da vitória, caça... ele é considerado o principal deus do panteão nórdico na mitologia escandinava) E ele é o top the best aqui! \m/ Com seu visú hightech e suas valquírias orientais! ; Dionísio (deus grego dos ciclos vitais, do vinho, dos festerê, da insânia, mas por sobre tudo... do porre! Sim minha gente, do porre mesmo!) e aqui ele usa uma tattoo na cabeça de coroa de louros que é muito massa!; Urdr (é a deusa nórdica do passado) e eu ainda não a vi; Perséfone (Deusa grega das ervas, estações do ano, flores, frutos e perfumes e também rainha do submundo) Também não vi ainda. E por último (e nem sei se entra na contagem, mas falam muito dela) a Tara (maldita Tara!) Todo mundo a odeia, todos falam mal dela, ninguém sabe deusa de onde ou de que é, só se sabe que ela é bizarra, que usa vestidos feitos de carne e grandes decotes....e eu aaaaaacho .... que não sei de onde mas... ela me lembra vagamente alguém....
#RINDOALTO

Baal West! XD

Baphomet f*cking from hell (featuring a cabeça de The Morrigan)

Dyonisius cheio de style

Purple Rain Inanna

Luci (que definitivamente não é do céu com diamantes)

Minerva


Wotan e as valquírias orientais.

Morrigan (x3)

O Panteão e seus símbolos.

E era isso!  Isto aqui é tudo que sei e eu vou parar de falar antes que vocês se tornem meus haters! Hahaha! Não, não façam isso com o barbudeenho aqui que <3 vocês todos! o/ 
É que o negócio é tão bom que eu precisei falar com detalhes e expor aqui O QUANTO EU GOSTEI E SUGIRO PARA TODOS E CADA UM!!!!!

Se estivesse a venda aqui no Brasil eu colocaria links de compra ou diria a editora, mas ainda não está, o jeito é baixar da internet e se encontra fácil fácil no google, e sim, eu baixei os PDFs de grátis na internet, me julguem! :P 
Mas se tivesse para comprar COM CERTEZA eu comprava! Porque gostei muito!!! Preciso disso na minha estante!!!

Antes de ir, mais um detalhe! O troço é tão bom que a Universal Studios já comprou os direitos para transformar WicDiv em seriado de TV \o/ AAAAAAAAAAEEEEEEEEEEEEEE!!!!!!!!!!!! \o/ \o/

E por hoje é só minha cambada de guerreiros e guerreiras! Deixei uma BAITA de uma recomendação ÓTEEEMA para vocês! Bora baixar e ler!!! Vale demais a pena! E se dúvidar já crio aqui um spin off com minha seleção de deuses e já dou cara nova pra eles!
Já imaginou? Deuses estrelas do rock/ metal desta vez! Mazaaaaaaaah!!!! E já metia a Athene e eu no meio! Não que a gte tenha uma banda, mas eu que iria desenhar e criar então eu posso nos virar deuses! Hahahaahah! XD


Abraço viking gurizada! Fiquem com os deuses (literalmente) e bom resto de semana para todos!


1 Comment:

Card Master's Duel Blog said...

Sairá pela novo século agora em setembro/outubro heim, fiquem de olho!

Postar um comentário

Seja gentil!
Nada de ódio!!
Faça amor não faça a barba!!